Dia da Educação Ambiental

Dia da Educação Ambiental


Educação é extensão e transmissão de conhecimentos, de vivências e experiências. É agregar ao outro novas visões, novas informações e questões relevantes, novos parâmetros e referências. Educar é permitir a abertura de mais mundos interiores, além de dados e estatísticas reais. Ambiente significa os arredores de onde vivemos, o que nos circunda, as circunstâncias e condições que nos permeiam.


A educação ambiental, começou a ganhar relevância em 1972, na Conferência das Nações Unidas sobre o Ambiente Humano, em Estocolmo (Suécia), onde se discutiu a necessidade da inserção da dimensão ambiental na educação. Essa ferramenta é utilizada para integrar educando e educador em seus contextos de vida.


Além disso, a educação ambiental é responsável por buscar, em conjunto, as raízes dos problemas, pesquisar e descobrir como surgem e se perpetuam os desastres ambientais que temos vivenciado. Para isso, é necessário analisar como se encontra essa extensão de nós, como a tratamos e como podemos olhá-la com mais cuidado. Ou seja, educar é apresentar informações e ações para que o indivíduo assimile, absorva e reaja de forma responsável. Neste contexto, cada um precisa se sentir corresponsável pelo que materializa aqui, seja em pensamentos ou atitudes.


Nada é mais educativo do que vivenciar experiências em conjunto com o meio, isto é observar e analisar o ambiente de dentro para fora e de fora para dentro. Cabe, aqui, portanto, nos questionarmos sobre como anda o nosso ambiente. De fato, toda a poluição sonora, a poluição visual, as cores escuras, os lixos jogados nas calçadas, a pressa dos passos, a falta de abraços, estão provocando o que nas pessoas? Será que o nosso ambiente não está precisando de mais cuidado e atenção? Como nós, agentes do ambiente, podemos contribuir para uma mudança positiva, para que tenhamos um ambiente mais leve, limpo e sustentável? É importante analisar os ambientes e questionar aquilo que não respeita a nossa natureza. E no âmbito interno, como andam seus pensamentos? O que isso reflete nas suas ações?

Você se reconhece como corresponsável pelos problemas ambientais?
Podemos começar a educação ambiental pelas nossas próprias ações em respeito ao nosso ambiente.

Reusando e reparando o que já temos, reciclando os resíduos que geramos, repassando as informações que sabemos e respeitando a nossa natureza. Cuidar de todos os ambientes como cuidamos da nossa própria casa, pois a Terra nada mais é do que o nosso lar. Se cada um fizer a sua parte, fica bem mais leve e fácil para todos!

Autora: Karla Caballero (@avivasolos)

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

Fechar Menu